Enem 25 de Setembro de 2005

Redação do Enem 2005 aborda trabalho infantil

Exame foi realizado com tranqüilidade em 730 municípios de todo o País

Para checar os gabaritos das quatro provas, clique aqui.

A redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2005 teve como tema Trabalho Infantil no Brasil. A partir de um mapa do País com estatísticas sobre a ocorrência do problema por região, o participante foi convidado a redigir uma dissertação, de no mínimo 15 linhas, pela qual serão avaliadas suas habilidades de leitura e escrita. Este ano, 1,7 milhão de participantes foram beneficiados com a isenção da taxa de inscrição.

Os participantes também responderam a 63 questões de múltipla escolha. Os cadernos de provas foram apresentados em quatro cores diferentes (amarelo, azul, branco e rosa), sendo que cada caderno trouxe as mesmas questões ordenadas de diferentes formas.

Em Brasília, o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente do Inep, Eliezer Pacheco, visitaram o Centro de Ensino Elefante Branco. Haddad falou da importância do Exame e ressaltou que esses cerca de 3 milhões que fizeram o Enem poderão entrar no banco de talentos que deve ser criado pelo Ministério da Educação ainda este ano. Segundo Haddad, o banco vai reunir informações sobre os jovens que serão usadas por empresas para contratar novos funcionários. "Percebemos a atração das empresas em relação aos jovens que entraram no ensino superior pelo ProUni, que são de baixa renda e conseguiram vencer o desafio de entrar numa universidade", explicou o ministro da Educação.

Aplicação do exame – Segundo o Presidente do Inep, Eliezer Pacheco, "a realização do Enem transcorreu com tranqüilidade em todo o País". Para operacionalizar o Exame, aplicado em 4.335 locais de prova de 730 municípios de todas as unidades da Federação, foram mobilizadas mais de 209 mil profissionais. Este ano, 91 unidades prisionais dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia e Roraima participaram do Enem, inclusive todas as unidades da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem). Participantes com necessidades especiais também foram atendidos pela equipe do Exame: 855 ao todo, um aumento de 300% em relação ao ano passado.

Resultados – Cada participante receberá, a partir do dia 16 de novembro, no endereço indicado no ato da inscrição, o Boletim Individual de Resultados. Constarão, nesse boletim, duas notas: uma para a parte objetiva da prova e outra para a redação e, ainda, uma interpretação dos resultados obtidos para cada uma das cinco competências avaliadas. Os alunos que informaram o número do CPF na ficha de inscrição terão acesso exclusivo pela Internet ao Boletim Individual de Resultados.

As escolas que tiverem mais de 90% de seus alunos matriculados na terceira série do ensino médio presentes ao Enem poderão solicitar um boletim com a média dos resultados do conjunto dos seus estudantes. O documento poderá ser solicitado pelo e-mail enem@inep.gov.br.

Assessoria de Imprensa do Inep: (61) 2104-8023 / 8037/9563