Encceja 21 de Maio de 2019

Inep exonera dois servidores após quebra em protocolo de segurança no exame

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Alexandre Lopes, relatou uma quebra de alto risco no protocolo de segurança do Exame Nacional de Certificação e Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Dois servidores serão exonerados do cargo em comissão que ocupam na autarquia, por envolvimento no caso.

As inscrições estão mantidas e vão até o dia 31 de maio. “Queremos tranquilizar as pessoas que estão se inscrevendo”, explicou o presidente. Mais de 700 mil pessoas já se inscreveram.

De acordo com o presidente, o problema foi registrado pela equipe de segurança do Inep. Os procedimentos internos foram seguidos à risca para garantir a credibilidade das provas do Encceja.

Protocolo – A quebra do protocolo aconteceu na entrega das provas para a gráfica, em São Paulo. O servidor que viajou de Brasília para abrir a prova apenas na sala cofre da gráfica esqueceu a senha. 

O servidor ligou para o superior, que entrou na sala cofre do Inep, adquiriu a senha da prova e passou para o servidor, por telefone. O procedimento correto seria gravar outra mídia e ser feita uma nova senha. Ambas deveriam ser reenviadas para a gráfica.