Voltar

Indicador de Nível Socioeconômico dos Inscritos no Enem - Concepção, Metodologia e Resultados

Indicador de Nível Socioeconômico dos Inscritos no Enem - Concepção, Metodologia e Resultados (Versão 1.0)

Miniatura Uploads feitos por Daniel Fonseca e Caixeta, 12/12/19 11:39
Medidas de nível socioeconômico familiar são indicadores contextuais de suma importância para a investigação das desigualdades de acesso, trajetória e aprendizagem dos estudantes. Com o intuito de subsidiar esse debate, o objetivo deste texto é apresentar a concepção, metodologia e resultados de um indicador de nível socioeconômico dos inscritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), procurando detalhar o referencial teórico, o processo criativo e os procedimentos técnico-metodológicos para a geração de uma medida sintética da posição social dos indivíduos. Para tanto, são utilizadas as bases de dados dos inscritos do Enem entre 2011 e 2017 para a construção de um indicador que sintetiza informações de renda familiar e escolaridade parental, por meio do modelo de respostas graduais da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Em seguida, o texto explora um conjunto de validações do indicador, além de exemplificar potenciais aplicações e limitações. Sabendo que a construção de medidas numéricas em ciências sociais requer a explicitação dos esquemas teóricos e conceituais que informam a análise, o texto estará especialmente interessado na articulação entre um plano teórico-abstrato e outro operacional-empírico para o estudo da estratificação social e da desigualdade educacional.
Publicação: Séries Séries » Textos para Discussão Publicações em destaque
1 de 72

Versão 1.0

Última atualização por Daniel Fonseca e Caixeta
12/12/19 11:39
Estado: Aprovado
Medidas de nível socioeconômico familiar são indicadores contextuais de suma importância para a investigação das desigualdades de acesso, trajetória e aprendizagem dos estudantes. Com o intuito de subsidiar esse debate, o objetivo deste texto é apresentar a concepção, metodologia e resultados de um indicador de nível socioeconômico dos inscritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), procurando detalhar o referencial teórico, o processo criativo e os procedimentos técnico-metodológicos para a geração de uma medida sintética da posição social dos indivíduos. Para tanto, são utilizadas as bases de dados dos inscritos do Enem entre 2011 e 2017 para a construção de um indicador que sintetiza informações de renda familiar e escolaridade parental, por meio do modelo de respostas graduais da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Em seguida, o texto explora um conjunto de validações do indicador, além de exemplificar potenciais aplicações e limitações. Sabendo que a construção de medidas numéricas em ciências sociais requer a explicitação dos esquemas teóricos e conceituais que informam a análise, o texto estará especialmente interessado na articulação entre um plano teórico-abstrato e outro operacional-empírico para o estudo da estratificação social e da desigualdade educacional.
Baixar (3,8MB) Get
Histórico da versão
Versão Data Tamanho  
1.0 8 Meses atrás 3,8MB

Publicações mais Recentes

Manual para Classificação dos Cursos de Graduação e Sequenciais - Cine Brasil ›

O Manual para Classificação dos Cursos de Graduação e Sequenciais apresenta a estrutura da Classificação Internacional Normalizada da Educação adaptada para os cursos de graduação e sequenciais do Brasil (Cine Brasil) ...

Fundamentação das matrizes de avaliação da educação básica - estudos e propostas ›

A necessidade de revisão e atualização das fundamentações teórico-metodológicas dos testes que compõem as avaliações da educação básica – desenvolvidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – e de suas respectivas matrizes de referência é uma demanda histórica apontada por servidores desse Instituto, lotados na Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb).

ATOS NORMATIVOS DO INEP ›

Em cumprimento ao art. 12 do Decreto nº 10.139, de 28 de novembro de 2019.